Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

Nuno Correia da Silva

Cidade
Descrição
O Fado de Coimbra é um género musical que remonta ao final do sec XIX. Nasceu no seio de uma Universidade cheia de estudantes, músicos e poetas vindos dos quatro cantos do Mundo dando a este género uma sonoridade única e que tanto em Portugal como no Estrangeiro cria laços de paixão e de musicalidade que somente se expressam com um tipo de música apaixonada e apaixonante como o Fado de Coimbra. Não sendo um género musical dirigido às massas, cada vez que alguém descobre a musicalidade, o ritmo e a poética do Fado ou Canção de Coimbra, para sempre fica apaixonado.
Curriculum
Nuno Correia da Silva Nasceu em Viseu, em 1974. Com a sua entrada na Universidade de Coimbra, no curso de Engenharia Electrotécnica, ingressou no Orfeon Académico de Coimbra, onde descobriu o gosto pelo Canto. No Conservatório de Música de Coimbra, inicia os seus estudos de Canto com a professora Cristina Aguiar, prosseguindo com a professora Isabel Melo e Silva, realizando exame final de Canto, com 19 valores. Desde 1998 que se dedicou à Canção de Coimbra, tendo actuado nas mais variadas salas de Portugal e estrangeiro. Participou em vários concursos de canto nomeadamente Concurso Luisa Todi, Concurso Broadway/Diário de Coimbra no qual alcançou o segundo lugar e no programa de televisão “Chuva de estrelas” em 1999, no qual atingiu o quarto lugar na final nacional. Como cantor interpretou os mais variados papeis em óperas tais como o papel de Aeneas na ópera “Dido e Aeneas” e o papel de Orfeu, na ópera “Orfeu e Euridice”. No ano 2000, integra o grupo de fados “Romance”, realizando inumeros espectáculos em Portugal e estrangeiro nomeadamente a participação em festivais na Corunha – “Festival Pulso e Pua”, festival FIMU, em França e Festival Internacional de Musica e Folclore na Ucrânia. Colaborou em várias ocasiões com a Estudantina Universitária de Coimbra, arrecadando vários prémios como solista em festivais nacionais. Colaborou em inumeros espectáculos, como solista com a OCC – Orquestra Clássica do Centro. Foi membro fundador do coro masculino Schola Cantorum da Secção de Fado da AAC. Fez parte do Coro dos Antigos Orfeonistas do Orfeon Académico de Coimbra e do Centro Cultural e Casa de Fados àCapella. Discografia: 2000 – “Baladas dos Anos 90” – Associação Académica de Coimbra – Secção de Fado AAC; 2003 - CD duplo "Romance - Canção e Guitarra de Coimbra", lançado no âmbito de Coimbra Capital da Cultura; 2008 - CD " Cantar Coimbra 2 -" Coro dos antigos Orfeonistas de Coimbra e Orquestra clássica do Centro; 2008 - CD duplo "100 Anos do Fado" Coro dos Antigos Orfeonistas de Coimbra; 2009 - CD " àCapella" Fados de Coimbra; 2014 – CD “Cordis 2” – interpretação de um tema cantado – “Hora de Nós”; 2015 – DVD Cordis, com interpretação de temas cantados; 2017 – CD (des)Encontros – Fernando Marques Ensemble, vencedor do concurso Edmundo Bettencourt 2017, da Câmara Municipal de Coimbra, para o melhor trabalho em Fado de Coimbra.
Video
Video
Video

A central de Artistas

Central de Artistas é uma plataforma gratuita de exposição e promoção de artistas profissionais, que divulga e possibilita para contratação, a arte e os serviços dos utilizadores de uma forma intuitiva e de fácil acesso.

Tem como destinatários o curioso das artes e o potencial cliente que procura a melhor solução para o seu evento.